Arquivo para dezembro, 2008

O cuidado de Deus

Posted in Uncategorized on dezembro 27, 2008 by pensandolivre

solavevg9

 

O cuidado de Deus.

 

O cuidado de Deus para conosco é incomparável, no entanto, nem sempre os nossos corações são agradecidos à altura do que recebemos. Nossas mentes e perspectivas são tão pequenas que nos esquecemos de avaliar a verdadeira condição da vida em nosso planeta, o pecado tornou a condição humana tão degradante que a maioria de nós vive em situações inacreditáveis, você já parou para pensar se a população do mundo inteiro pudesse ser reduzida para uma vila de 100 pessoas? Mantendo as proporções de todos os povos existentes no mundo essa vila seria assim composta:

57 asiáticos, 21 europeus, 14 americanos, da América do Norte, do Sul e da América Central, e 8 africanos. 52 seriam mulheres e 48 seriam homens, 30 seriam brancos e 70 seriam não-brancos, 30 seriam cristãos e 70 seriam não-cristãos, 6 pessoas possuiriam 59% da riqueza da vila, e todas elas seriam norte-americanas, 80 viveriam em casa sem condições higiênicas, 70 seriam analfabetos, 50 seriam mal alimentados, 1 estaria a ponto de morrer, 1 estaria a ponto de nascer, 1 possuiria um computador, 1 teria titulo superior, sim, só um, já imaginou?  Se você acordou hoje com mais saúde do que doença, você tem mais sorte que milhões de pessoas que não chegaram a ver nem mesmo a próxima semana, considerando-se o mundo por essa perspectiva esta claro necessidade de acertar-se, compreender-se, tratar-se de forma humana educada, respeitosa, considere também isso, se você nunca passou pelos perigo de uma batalha, pela solidão da prisão, pela agonia da tortura, pelo desespero da fome, você é mais feliz que 500 milhões de habitantes deste mundo, se você puder ir a igreja sem ter medo de ser ameaçado, preso, torturado ou morto, você tem mais sorte que 3 bilhões de pessoas do mundo, se você tem comida na geladeira, tem roupas, tem teto sobre a cabeça, e um lugar para dormir, você é mais rico que 75% dos habitantes deste planeta, se você tem algum dinheiro no banco, ou na carteira, ou uns trocados no bolso, você se encontra entre os 8% das pessoas mais bem sucedidas do mundo, se os seus pais ainda estão vivos e casados você é uma pessoa verdadeiramente rara, se você pode ler esse texto, acabou de receber mais uma benção, você não se encontra entre os 2 bilhões de pessoas que não aprenderam a ler. Diante desse todo quadro degradante da humanidade, Deus chama um povo para ser diferente, enquanto todos se matam, roubam, prostituem-se, um grupo se matem na presença do DEUS VIVO, o que me incomoda é exatamente a parti em que vivemos, pensamos que somos o povo mais feliz do mundo, sempre nos reportamos a Deus como se Ele estivesse em divida para conosco, somos chamados para servir aqueles que estão nas regiões das trevas, olha a situação em que o mundo se encontra. Qual o seu papel nessa realidade?

Ser cristão

Posted in Uncategorized on dezembro 13, 2008 by pensandolivre

…ser cristão significava em princípio estar pronto para martyrein, para “ser testemunha” da crença cristã – dispondo-se a ser discriminado, sofrer, ser torturado e, na verdade, a morrer… Assim, a palavra mártir significava ser testemunha com o próprio sangue; confessor era o nome dado àqueles que sobreviviam bravamente à perseguição. O cristão devia suportar o destino final do martírio, mas não procurar esse destino.
De acordo com as origens hebraicas, a verdade do cristianismo não era para ser vista, nem teorizada; antes, era para ser praticada. Assim, no evangelho de João, Jesus Cristo é chamado de “o caminho, a verdade e a vida” (14,6). O conceito cristão de verdade originalmente não era contemplativo e teórico como o conceito grego, mas sim operativo e prático.
O que deve ser mais importante para um movimento religioso do que qualquer instituição ou constituição é seu poder espiritual e moral, e nos primeiros séculos da igreja isso não faltava.

– Hans Küng em Igreja Católica, 2002, Objetiva.